Facebook Instagram Twitter YouTube

Vila Galé apresenta projeto de novo resort no Brasil

vila Gal apresenta projeto de novo resort no Brasil

O Grupo Vila Galé apresentou formalmente, durante uma coletiva de imprensa em Natal, no Rio Grande do Norte, o projeto de sua oitava unidade no Brasil: um resort na Praia de Touros, que contará com um investimento de R$ 100 milhões e tem previsão de inauguração para setembro de 2017. Com este novo empreendimento, a Vila Galé reforça a sua posição como a principal rede de resorts no Brasil.  

 

O Vila Galé Touros, de frente para a praia, será composto por 450 quartos, quatro restaurantes onde a cozinha portuguesa se encontrará com a local - destaque para o Inevitável, um exclusivo do Grupo e o Potiguar, uma homenagem à região - um SPA Satsanga, um Clube Nep para crianças, um Centro de Convenções com cerca de 2.000 m2, um centro náutico, um campo de futebol “society”, um campo multiusos, um campo de tênis e ainda três piscinas exteriores, tendo uma delas toboágua para crianças. 

 

“O novo resort de Touros será importante para preencher uma lacuna em Natal que, apesar de ter bons hotéis, tem falta de uma infraestrutura hoteleira deste porte e com este padrão de qualidade, algo que se justifica em um Estado com o potencial turístico do Rio Grande do Norte. Além do alojamento de mais de 1.500 pessoas, teremos um espaço para eventos como não existe na região”, explica o Presidente do Conselho de Administração do Grupo, Jorge Rebelo de Almeida. “Numa primeira fase, serão gerados 500 postos de trabalho diretos durante a fase de construção. Depois de finalizado, contamos ter cerca de 350 funcionários fixos do hotel. É, por isso, um empreendimento que promete afetar positiva e diretamente a vida dos potiguarenses, o que também nos enche de orgulho”, acrescenta o executivo.

 

As sete unidades hoteleiras que o Grupo detém atualmente no Brasil - e que estão espalhadas pelos estados do Ceará, de Pernambuco, da Bahia e do Rio de Janeiro - oferecem um total de 5.000 camas em três hotéis de cidade e quatro resorts “all inclusive”. Este último segmento ainda é pouco explorado no Brasil, razão pela qual o Grupo decidiu avançar com um plano de expansão que passa por este tipo de investimentos.

Em 2014, o Grupo faturou no Brasil mais de 200 Milhões de Reais e cerca de 70 Milhões de Euros em Portugal (266 Milhões de Reais).



Compartilhar no Twitter

Publicidade