Facebook Instagram Twitter YouTube

Guayaquil recebe a visita do Papa Francisco

Guayaquil recebe a visita do Papa Francisco

Guayaquil, a pérola do Pacífico, está mostrando todo o seu potencial turístico para os milhares de peregrinos que estão na cidade para participar das diferentes cerimônias religiosas com o Papa Francisco como parte da agenda que cumprirá no Equador, para então continuar sua visita pela América do Sul, na Bolívia e no Paraguai.

Os peregrinos que chegam a Guayaquil, antes ou depois dos atos religiosos, podem também aproveitar as variadas atrações turísticas da cidade, como museus, calçadão, as igrejas, parques e a gastronomia.

Um dos mais importantes lugares para visitar em Guayaquil é a Área Nacional de Recreação Samanes, com 851 hectares, incluindo o Bosque Protetor Cerro Colorado, que nasceu do projeto “Generación y Restauración de Áreas Verdes para la ciudad de Guayaquil – Guayaquil Ecológico”. O espaço conta com o campus eucarístico, onde o Santo Pontífice realizará a missa para os fiéis.

O Parque Samanes possui uma imensa variedade em sua flora e também diferentes espécies em sua fauna, com aves, mamíferos, répteis e peixes. O parque dispõe de áreas verdes e um espaço que permite integrar de maneira harmônica a recreação de famílias em um local com total segurança.

O parque conta, ainda, com quadras esportivas para futebol, vôlei, basquete, handebol, juntamente com áreas infantis, para caminhadas e outros jogos. O local também oferece aos visitantes o estádio Christian Benítez, de cerca de 25 m², capacidade para 8 mil pessoas, área para futebol e uma pista atlética; 2 áreas de estacionamento para 415 veículos e 17 ônibus; além da Gran Acera, área de passeio com 1 km de extensão.

Outro ponto importante para visitar é o Parque Histórico, destinado ao resgate de valores naturais e culturais da região, onde a história é contada pela natureza. O parque é administrado pela Empresa Pública de Parques Urbanos y Espaços Públicos desde maio de 2012 e conta com 8 hectares de extensão divididos em três zonas: Zona de Vida Silvestre, Zona de Tradições e Zona Urbano-Arquitetônica, um lugar único de recreação como meio de educação. 

Na cidade

Outro ponto ideal para visita é o recém-inaugurado parque Huancavilca, situado na rua Machalla. O parque é um novo espaço verde de recreação para que a família possa disfrutar da natureza no meio da cidade.

No centro histórico, o visitante pode também ir ao Malecón Simón Bolívar, onde estão monumentos históricos, museus, cinemas e restaurantes, além do Malecón del Salado, o Jardín Botânico de Guayaquil e o Parque Seminario, onde as iguanas habitam as árvores, a Reserva de Producción Faunística Manglares El Salado, o Zoológico El Pantanal, o Bosque Protector Cerro Blanco, o Morro e a Área Nacional de Recreación Isla Santay e Puná.

O visitante pode também desfrutar da deliciosa gastronomia guayaquilenha, que conta com mais de 70 locais no centro, sul, norte da cidade e partes rurais.

Guayaquil conta, ainda, com o aeroporto José Joaquín de Olmedo, o melhor da América do Sul na categoria de 2 a 5 milhões de passageiros, segundo o ACI (Airports Council International). 

Guayaquil, a pérola do Pacífico

Guayaquil é um importante polo de comércio de influência regional e possui um dos portos mais importantes da região. É uma cidade ativa com modernos centros comerciais. Desde épocas coloniais, a cidade se transformou no estaleiro mais importante da costa do Pacífico Sul.

Para conhecer sua história, o visitante deve ir até o bairro Las Peñas, que tem mais de 400 anos. Seu nome se deve principalmente ao número de penhascos, pedregulhos e rochas, desde quando chegaram os espanhóis, no século XVI. Em 1982, foi declarado Patrimônio Cultural do Equador.

Também devem estar na lista de lugares para visitar: a Plaza del Centenario, a capela do Cerro Santa Ana, a rua Numa Pompillo Llona, o Museo Naval del Fortín, o Museo da Música de Julio Jaramillo Laurido, a Plaza de la Integración Latinoamericana, o Palacio de Cristal, o Barco Pirata Morgan, a Plaza Olmedo, a Torre Morisca del Reloj, a Plaza Cívica, a Plaza del Vagón, Plaza de La Merced, Plaza de San Francisco, Parque San Agustín, Parque Juan Montalvo, entre outros.

 

O que os visitantes devem saber

- O Cerro Santa Ana é o local onde nasceu a cidade de Guayaquil, entre as décadas de 1540 e 1550, e era chamado de Loninchao pelos aborígenes. 

- Em Guayaquil se encontra a “Rota da Fé”, que consiste em um tour pelas igrejas e santuários mais representativos da cidade e arredores. 

 - São Patrimônios Nacionais: Palacio de la Gobernación, Palacio Municipal, Edificio Martín Avilés “Antiguo Hotel Crillón”, Antiguo Mercado Sur “Palacio de Cristal”, Torre Morisca “Torre del Reloj”, Jefatura del Cuerpo de Bomberos, Antigua Cárcel Municipal, Diario El Telégrafo e Universidad de Guayaquil “Casona Universitaria”. 

 



Compartilhar no Twitter

Publicidade