Facebook Instagram Twitter YouTube

Fernando de Noronha vai ganhar bicicletas públicas para turistas e moradores

Noronha

Para promover a mobilidade e proporcionar uma melhor qualidade de vida e a diminuição de agentes poluidores, a Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer de Pernambuco, por meio do ‘Programa Pedala PE’, vai implantar, em Fernando de Noronha, o compartilhamento de 105 bicicletas públicas. Para isso, foi realizado um chamamento público, com a finalidade de receber propostas para firmar termo de cooperação com empresa interessada em instalar, operar e realizar a manutenção das bicicletas.

As inscrições das empresas interessadas em participar do ‘Bike Noronha’ ocorrerão até o dia 18 de junho. As informações completas estão descritas no Termo de Referência publicado no site da Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer de Pernambuco (WWW.setur.pe.gov.br). Ao todo, serão implantadas oito estações, com espaço de convivência, e 12 estações de paraciclos (estações de apoio). Serão 105 bicicletas, sendo três para deficientes visuais e duas para deficientes físicos. Serão sinalizados 30 espaços para realização de trilhas, com uso compartilhado entre pedestres e ciclistas, com placas indicativas em dois idiomas: português e inglês. 

O projeto das bicicletas públicas em Fernando de Noronha, inclusive as bicicletas elétricas - que já existem na Ilha e serão incorporadas ao projeto Bike Noronha -, será gratuito para moradores e turistas. “A nossa ideia é valorizar o desenvolvimento sustentável, gerando oportunidade para quem usa a bicicleta para o trabalho e para o lazer na Ilha”, informa Felipe Carreras, secretário de Turismo, Esportes e Lazer de Pernambuco. 

Para a implantação do ‘Bike Noronha’, os moradores receberão capacitação quanto ao uso das bicicletas. Também serão distribuídas cartilhas informativas para motoristas de ônibus, carros e táxis. A ideia é que o usuário utilize as bicicletas ao longo do dia e devolva em alguma estação no período da noite, para que seja realizada a manutenção. “O nosso objetivo é agregar e implantar no santuário ecológico de Noronha, práticas e serviços que contribuam definitivamente para consolidar atitudes capazes de servir de exemplo ao Brasil e ao mundo pela eficiência na conservação do meio ambiente, de sustentabilidade e mobilidade”, declara Reginaldo Valença Jr., Administrador Geral de Fernando de Noronha.

As bicicletas públicas de Fernando de Noronha serão novas e terão um design específico que garanta conforto ao ciclista, com pneus apropriados para utilização em meio urbano e terrenos acidentados, específicos do Arquipélago. As bicicletas serão resistentes à maresia e a impactos. O peso será de, no máximo, 14 kg e terão, no mínimo, 21 marchas. Todas as bicicletas serão dotadas de equipamentos de segurança obrigatórios, como campainha e sinalização. O prazo para início das atividades será de 90 dias após a conclusão do processo licitatório. 

O Pedala PE foi criado em agosto de 2012, com a finalidade de promover ações da bicicleta como modal de transporte e lazer dentro do Estado. Fazem parte da ação, o Bike PE, o Plano Diretor Cicloviário, campanhas educativas, capacitação dos instrutores de auto-escolas, inclusão de questões referentes à bicicleta na prova teórica e realização de teste prático para a convivência harmoniosa com os ciclistas. 

CICLOMOBILIDADE: A partir de agora, o tema Ciclomobilidade está na pasta de Turismo, Esportes e Lazer de Pernambuco. A Secretaria trabalhará o modal bicicleta - como meio de transporte para a população - seguindo alguns eixos: incentivo ao uso da bicicleta (valorização do transporte não motorizado) para dar maior mobilidade ao sistema de transporte; convívio pacífico entre os modais (metrô / ônibus / carro / motos / bicicletas e pedestres); maior segurança dos ciclistas; ampliação da mobilidade para a população em geral; implantação/ampliação de ciclovias, ciclofaixas permanentes, paraciclos e bicicletários; preservação do meio ambiente; melhor conservação das cidades. "O tema ficará ligado diretamente ao meu gabinete. Sempre defendi que as cidades, primeiro, precisam ficar mais bem preparadas para seus cidadãos e a questão da ciclomobilidade é ponto essencial para termos hoje mais qualidade de vida nas metrópoles, com uma estrutura mais apropriada de convívio entre os modais de transporte", afirma Felipe Carreras.

 

Bike Noronha

Bairros

Mobiliário

Porto Santo Antônio

Estação

Praça da Academia das Cidades – Vila do Trinta

Estação

Praça Flamboyant

Estação

Vila dos Remédios

Estação

Escola Arquipélago

Estação

ICMBio

Estação

Aeroporto Governador Carlos Wilson

Estação

Terminal do Cachorro

Estação

Mirante do Trinta

Paraciclo

Floresta Nova

Paraciclo

Floresta Velha

Paraciclo

Vacaria

Paraciclo

Três Paus

Paraciclo

Praça Miguel Arraes

Paraciclo

Basinha

Paraciclo

Usina de Reciclagem

Paraciclo

Vai Quem Sabe

Paraciclo

Quixaba

Paraciclo

Sueste

Paraciclo

Museu do Tubarão

Paraciclo

 


Compartilhar no Twitter

Publicidade