Facebook Instagram Twitter YouTube

Literatura de Cordel aproxima Pernambuco dos turistas

Pernambuco

A rica cultura e os atrativos turísticos de Pernambuco serão divulgados em formato de poesia popular. A Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer de Pernambuco, por meio da Empetur (Empresa de Turismo de Pernambuco - Governador Eduardo Campos) está produzindo folhetos de cordel para serem entregues nos principais eventos de divulgação do destino.

 “A ideia é realizar a promoção do Estado através de uma campanha inovadora, com a exaltação da cultura pernambucana, utilizando-a como poderosa ferramenta de divulgação do destino, destacando nossas peculiaridades culturais”, destaca Felipe Carreras, secretário de Turismo, Esportes e Lazer de Pernambuco.

Focada no público final, a intenção é sensibilizar o turista para os aspectos da cultura pernambucana, promovendo, com isso, o reconhecimento do destino Pernambuco para além de “Sol e Mar”. No texto do cordel, o turista encontrará informações sobre danças, gastronomia, municípios do Litoral ao Sertão, infraestrutura turística, artesanato e o povo pernambucano. 

Com um linguajar regionalizado e informal, o texto é do poeta-cordelista Allan Sales, que já fez trilhas musicais originais para o teatro. A arte é baseada no Movimento Armorial, criado pelo escritor Ariano Suassuna. A primeira distribuição dos cordéis será no interior do Estado, durante o “Seminário Destino PE”, em que o secretário Felipe Carreras está percorrendo municípios de Pernambuco para mapear o turismo do Estado.

O Cordel “Pernambuco Joia Rara do Nordeste Brasileiro” também será musicado, para que seja ouvido na abertura dos principais eventos turísticos.



Compartilhar no Twitter

Publicidade