Facebook Instagram Twitter YouTube

7 motivos para visitar o Litoral Norte de Alagoas

7 motivos para visitar o Litoral Norte de Alagoas

Cenários paradisíacos, praias deslumbrantes, natureza incomparável, passeios imperdíveis... Tudo isso pode ser encontrado no Litoral Norte de Alagoas! A região esbanja atrativos que dificilmente saem da memória dos seus visitantes. Diante das paisagens de tirar o fôlego de seus cartões-postais, a vontade que dá é de nunca mais ir embora. Confira, a seguir, 7 motivos para conhecer — ou visitar novamente — essa joia da costa brasileira:

1. Mergulhar em aquários a céu aberto: Maragogi integra a Área de Proteção Ambiental Costa dos Corais, maior unidade de conservação marinha do Brasil, reunindo as maiores piscinas naturais de Alagoas. Nelas, os turistas podem mergulhar em verdadeiros aquários naturais habitados por peixes, crustáceos, moluscos e corais de diversas espécies. Com suas águas mornas e de um azul-esverdeado transparente, as Galés são as mais famosas e ficam a 6 km da praia. Em um único passeio de catamarã com duração de 2h30, os turistas têm a chance de mergulhar em suas águas cristalinas, na companhia de peixes com cores, formas e tamanhos diferentes, tirar fotos aquáticas e ainda receber informações sobre conscientização ambiental.

2. Passear na companhia dos peixes-boi: Um dos passeios imperdíveis para quem gosta de praticar o ecoturismo tem como protagonistas os peixes-boi marinhos, mamífero aquático em extinção no Brasil. No município de Porto de Pedras, em uma área protegida do rio Tatuamunha, cercada por manguezais de beleza única, eles encontram um refúgio e reaprendem a viver em seu habitat natural. Realizado em uma jangada, o passeio de observação pelo rio possibilita aos visitantes apreciar toda a natureza do local e se encantar com esses animais, que podem atingir até 4 metros de comprimento e pesar 600 quilos quando adultos, mas ainda assim são dóceis e brincalhões. O passeio é realizado pela Associação Peixe-Boi de Condutores, com capacidade máxima diária de 70 pessoas e a presença de guias locais, que tiram as dúvidas dos visitantes.

3. Curtir o tempo livre em praias paradisíacas: A costa alagoana esbanja atributos de um verdadeiro paraíso com suas praias de águas verdes, areia branca e fina e coqueiros a perder de vista. Como a temperatura da água é morna, o difícil é querer sair do mar. No quesito beleza, duas praias se destacam: Maragogi, com seus 22 km de costa litorânea distribuídos em nove praias (São Bento, Camacho, Maragogi, Burgalhau, Barra Grande, Antunes, Ponta de Mangue, Dourado e Peroba), e a cidade vizinha Japaratinga, cuja praia também é bastante procurada pelos turistas que buscam relaxar à beira-mar.

4. Praticar a gula sem medo de ser feliz: Impossível de comer um só — é assim que podem ser descritos os famosos bolinhos de goma produzidos no município de Maragogi. Essa iguaria típica da região deixa os visitantes com água na boca, com seu sabor inconfundível. Como são preparados de forma artesanal e produzidos a mão, um por um, vale a pena visitar lugares tradicionais onde são feitos e conferir de perto como acontece a fabricação dessas delícias, que são vendidas no próprio local. Os frutos do mar são outro destaque gastronômico do local e também conquistam facilmente o paladar dos visitantes por conta do seu sabor irresistível.

5. Adquirir suvenires diferentes e especiais: Chinelos, chapéus, bolsas, capas para celular, porta-objetos... Não faltam opções de suvenir para os turistas que visitam o Litoral Norte de Alagoas. No entanto, o artesanato produzido na região tem um diferencial que chama a atenção dos visitantes: a fibra de bananeira é a matéria-prima utilizada pelos artesãos locais. Eles usam toda a sua criatividade para demonstrar que a banana não é o único “fruto” que pode ser retirado das bananeiras. As peças são facilmente encontradas na Vitrine do Artesão, espaço montado na orla da cidade de Maragogi.

6. Experimentar emoção e adrenalina nas areias: Andar de bugue pela costa norte ou sul de Maragogi é um dos passeios turísticos mais procurados pelos turistas que visitam o Litoral Norte de Alagoas. Com duração de duas horas, o trajeto pela rota norte leva os visitantes até a divisa com o Estado de Pernambuco, passando pelas praias Burgalhau, Barra Grande, Antunes, Xaréu, Ponta de Mangue e Peroba. Já na direção sul, os viajantes se aventuram sobre quatro rodas pelos cenários deslumbrantes das praias Camacho, São Bento, Japaratinga e Bitingui.

7. Conferir in loco cenários de cinema: Para quem deseja conhecer in loco as praias que foram vistas por milhares de pessoas na tela do cinema ou da televisão, nada melhor do que o Litoral Norte de Alagoas, que já serviu de cenário para vários filmes e novelas. Em 2002, a praia do Salgado, na costa sul do município de Maragogi, foi um dos cenários escolhidos para a filmagem de cenas do longa Deus é Brasileiro (2002), dirigido por Cacá Diegues e estrelado pelos atores Antonio Fagundes e Wagner Moura. Outro filme gravado na região foi Joanna Francesa (1973), uma coprodução brasileira e francesa também dirigida por Cacá Diegues e que teve cenas filmadas na Fazenda Marrecas, construída em 1780 na zona rural de Maragogi. Cenas da novela A Indomada, exibida na Rede Globo em 1997, também foram gravadas nas praias do município e na foz do Rio Maragogi.

Como chegar e onde se hospedar - Maragogi está exatamente na metade do caminho entre os aeroportos das capitais Maceió (AL) e Recife (PE). A distância de 125 km pode ser percorrida em uma viagem de, aproximadamente, duas horas. Da capital pernambucana, o acesso rodoviário é feito via BR-101 Sul e, a partir do Cabo de Santo Agostinho, pela PE-60. Já partindo de Maceió, o caminho é pela AL-101 Norte. Para não se preocupar com nada, a não ser em aproveitar a viagem da maneira mais agradável possível, os visitantes optam pela comodidade e pelo conforto oferecidos pelo Salinas do Maragogi All Inclusive Resort. Com refeições, lanches, petiscos e bebidas – alcoólicas e não alcoólicas – já inclusos na diária, o resort possui ainda dois catamarãs exclusivos, cada um com capacidade para 60 pessoas, que levam os hóspedes que adquirem o passeio à parte até as piscinas naturais Galés ou Barra Grande. Considerado o resort All Inclusive mais bem avaliado do País e um dos 15 mais bem avaliados do mundo, de acordo com o site de viagens TripAdvisor, o Salinas do Maragogi dispõe de mais de 60 itens no campo do lazer, como piscinas, salão de jogos, quadras de vôlei de praia e de tênis, campos de futebol e de areia, trilha ecológica e fitness center inclusos na diária. Há ainda mais opções que podem ser contratadas à parte pelos hóspedes, como tirolesa, coqueirismo, muro de escalada e bike, além de diversas atividades náuticas (banana boat, ski aquático, wakeboard, disco boat, barco laser, windsurfe, caiaque).



Compartilhar no Twitter

Publicidade