Facebook Instagram Twitter YouTube

Rede de agências de intercâmbio oferece programas que fogem ao trivial

rede de agncias de intercmbio oferece programas que fogem ao trivial

Países como EUA, Canadá, Inglaterra e Irlanda ainda são os destinos mais procurados por estudantes brasileiros em busca de formação complementar, graduação ou especialização. Segundo dados levantados pela 2be Study, rede de agências de intercâmbio, cerca de 32% das vendas realizadas no primeiro trimestre de 2015 tinha como destinos países da Oceania, Ásia, América Central, África, Havaí ou até Malta, Escócia e França, bem atrás dos queridinhos europeus.

Segundo Alessandra Brandão, diretora da rede, a procura por locais menos disputados e por atividades fora do mainstream se deve ao fato dos custos serem competitivos quando comparados aos destinos tradicionais, além dos pacotes oferecerem diferentes “extras”, muitas vezes em lugares ainda pouco explorados. “Nossos clientes podem praticar yoga na Índia, surfar nas ondas do Havaí, nadar no Grande Recife de Corais, na Austrália, fazer safari nas savanas africanas, surfar em praias neozelandesas, mergulhar em Malta, ter experiências em gastronomia em Paris, México ou Itália, entre outras tantas possiblidades. Dessa forma oferecemos um novo nível de interação entre o visitante e o local da viagem”, diz.



Compartilhar no Twitter

Publicidade