Facebook Instagram Twitter YouTube

Fé, Procissão e cavalaria: A Páscoa de Cunha é uma deliciosa aula de história

Cunha

Basta chegar o outono e as temperaturas começarem a cair para que a charmosa estância climática de Cunha, localizada no interior do Estado de São Paulo, se torne um refúgio de paz e tranquilidade ainda mais atraente. Cheia de história para contar, a cidade, encravada em meio a uma vegetação refrescante de araucárias, típica da Serra do Mar, foi palco de uma agitada vida religiosa, cultural e até política ao longo de décadas, e hoje expõe todo esse passado por meio de um calendário de eventos culturais bastante rico, que fica ainda mais evidente durante a Páscoa.

 

Por isso, quem viajar para lá no feriado poderá descansar e revigorar as energias em um lugar repleto de excelentes pousadas e restaurantes, além de assistir de perto as procissões e eventos religiosos que contam muito da história cultural do nosso país.

 

As festividades começam na quarta-feira, 1º de abril, à noite, com a Procissão do Fogaréu, uma romaria de origem medieval que voltou a ocorrer recentemente na cidade. Nela, os participantes seguem pelas ruas carregando tochas ou velas e vestindo máscaras pontiagudas. No dia seguinte há na Matriz Nossa Senhora da Conceição a cerimônia do Lavapés, seguida por uma Vigília, e na sexta-feira, dia 3, os fiéis acompanham a encenação da Paixão de Cristo, em frente à Igreja. O sábado é dedicado à vigília Pascal e por isso é mais tranquilo. Já no domingo, o dia começa com a Missa de Páscoa e, a seguir, acontece a famosa Malhação de Judas.

 

Na segunda-feira acontece a Festa da São Benedito, que tem início com missa na Igreja do Rosário, onde aproximadamente 500 cavaleiros recebem a benção antes do início da cavalgada pelas ruas, na tradicional Cavalaria de São Benedito. Há também uma apresentação de Congada com cantos e danças tradicionais. O feriado se encerra com uma missa festiva.

 

Durante as celebrações de Páscoa, atrações da cidade como o Lavandário e os ateliês de cerâmica continuam funcionando normalmente. Há, inclusive, aberturas de fornadas e queimas de Raku agendadas para os dias 3 e 4 de abril, nos ateliês Gaia, Suenaga & Jardineiro e Oficina da Cerâmica, entre outros.Sem falar, claro, da gastronomia de primeira, já reconhecida como um dos pontos altos de Cunha.


Mais informações podem ser obtidas no site www.cunha.sp.gov.br.



Compartilhar no Twitter

Publicidade