Facebook Instagram Twitter YouTube

Memorial Irmã Dulce atrai muitos visitantes

Memorial Irm Dulce recebe mais de 100 mil visitantes em 2014

O Memorial Irmã Dulce (MID) tem se tornado um dos principais pontos turísticos da cidade de Salvador (BA). Com o período de férias e o sucesso do filme “Irmã Dulce”, que levou milhares de espectadores ao cinema em todo o Brasil, o MID atraiu mais de 100 mil pessoas em 2014, de acordo com levantamento realizado pela entidade. “No ano anterior, o número de visitantes do MID foi 26% maior que o fluxo registrado em 2013”, conta o assessor de Memória e Cultura das Obras Sociais Irmã Dulce, Osvaldo Gouveia.

A visitação estende-se também ao Santuário da Bem-Aventurada Dulce dos Pobres, onde está localizado o túmulo da religiosa baiana. Diariamente chegam visitantes por meio de excursões ou em grupos independentes, inclusive de soteropolitanos. Segundo levantamento da entidade, os turistas nacionais vêm principalmente dos estados de São Paulo, Ceará, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Rio Grande do Sul. Já os estrangeiros são provenientes de países, como Alemanha, França, Itália, Áustria, Espanha e Inglaterra.

Temporada de Cruzeiros
A chegada da temporada de cruzeiros, que começou em novembro passado e prossegue até março deste ano, é outra atração que tem impulsionado as visitações ao Memorial. Milhares de turistas nacionais e estrangeiros devem visitar o MID durante este período. “Os cruzeiros têm destacado o Memorial como uma das principais atrações em seus roteiros. Esse cenário foi reforçado com o filme, que provocou no público a vontade de conhecer mais sobre a história e o legado de Irmã Dulce. É impressionante a quantidade de pessoas que chegam dizendo que viram a cinebiografia e que se sentiram motivadas a saber mais sobre o Anjo Bom e ajudar as Obras Sociais”, comenta Osvaldo.

Ministério do Turismo
Dados divulgados pelo Ministério do Turismo apontam que em 2014 mais de 17 milhões de brasileiros viajaram pelo país levados pela fé. A mesma pesquisa também destacou que Salvador (BA) está entre as cidades barrocas mais visitadas pelos peregrinos no Brasil, ao lado de Ouro Preto (MG), Mariana (MG) e Congonhas do Campo (MG).

Localizado no Largo de Roma, na capital baiana, em um prédio anexo à sede da OSID, o Memorial Irmã Dulce tem entrada franca e está aberto à visitação de terça a domingo, das 10h às 17h.



Compartilhar no Twitter

Publicidade