Facebook Instagram Twitter YouTube

Grã-Bretanha diz "sim" ao casamento entre pessoas do mesmo sexo. Veja dicas para planejar a cerimônia dos sonhos!

GLS

Uma mudança radical na lei britânica há alguns dias tornou legítimo o casamento entre pessoas do mesmo sexo, permitindo que homens e mulheres homossexuais se unam ao parceiro escolhido na Inglaterra e no País de Gales. A rainha deu seu consentimento real e o casamento entre pessoas do mesmo sexo foi legalizado em 17 de julho.

 

Os primeiros casamentos homossexuais legalmente reconhecidos na Grã-Bretanha poderão ser celebrados a partir do próximo verão europeu, então gays e lésbicas têm tempo suficiente para planejar o enlace dos sonhos.

O que significa a nova lei

A nova lei não beneficiará apenas homens e mulheres homossexuais britânicos. Existem regras e condições que se aplicam normalmente a estrangeiros que desejam se casar no Reino Unido, mas agora, com a aprovação desse projeto de lei, as regras serão as mesmas para todos os cidadãos estrangeiros, independentemente da orientação sexual. www.gov.uk/marriages-civil-partnerships/overview

Embora os casais de mesmo sexo não possam se casar na igreja, há vários locais licenciados incríveis para dizer o “sim”. O VisitBritain escolheu alguns dos destinos mais especiais para casamentos.

Estilo campestre romântico

Membro da IGLTA (Associação Internacional de Viagens para Gays e Lésbicas), a Further Afield, estabelecida na Grã-Bretanha, oferece uma seleção de acomodações para os viajantes homossexuais. Simon Forrester, que inaugurou a empresa em 2010 com seu parceiro Andrew, comenta que muitas propriedades são licenciadas para cerimônias de união civil. No ano que vem, eles vão lançar uma edição dedicada a casamentos entre pessoas do mesmo sexo.

Embora algumas das propriedades da Further Afield sejam pertencentes a gays e administradas por eles, nenhuma delas é exclusivamente gay. Elas são escolhidas com base na localização, qualidade e atendimento – e, claro, na certeza de que os homossexuais receberão a mesma recepção cordial que a dos outros hóspedes. www.furtherafield.com

Dentre as melhores opções estão The Rectory, propriedade sofisticada e cuidadosamente restaurada, situada em uma área de jardim vitoriano murado na pitoresca Cotswolds, a 90 minutos de carro de Londres. Elogiado pelas revistas Vogue e Brides, este hotel campestre de 12 quartos tem autorização para realizar cerimônias pequenas, para até 60 convidados. O local também oferece diversas opções de lanches e refeições, desde canapés regados a coquetéis com champanhe até pratos clássicos e substanciosos acompanhados de cerveja de barril, servidos no vizinho The Potting Shed, eleito o melhor pub do ano de 2012 pelo The Good Pub Guide. www.therectoryhotel.com

Atravessando a fronteira para o País de Gales, The Grove também é recomendado como acolhedor para casais gays. Abandonada durante oito anos, a ampla propriedade foi transformada em um luxuoso hotel boutique depois que seus atuais proprietários trabalharam incansavelmente com artesãos locais. As acomodações – 20 quartos e suítes – estão distribuídas na casa principal, cocheira e casa comunal, além de quatro chalés encantadores com cozinha. Lá é possível realizar desde um casamento de verão para até 150 convidados, em uma tenda sobre o gramado, até uma cerimônia íntima à luz de velas, diante do fogo crepitante da lareira da bela Panelled Room. The Grove fica no oeste do País de Gales, a pouco mais de 1 hora e meia de Cardiff, viajando de carro. www.thegrove-narbeth.co.uk

Consentimento real

Agora que a rainha aprovou o casamento entre pessoas do mesmo sexo, que tal se casar em um hotel luxuoso de Londres, perto do Palácio de Buckingham? The Goring é o lugar onde a atual duquesa de Cambridge passou sua última noite de plebeia, antes de se casar com o príncipe William na Abadia de Westminster. The Goring acolhe casamentos entre pessoas do mesmo sexo – há uma série de salas privativas para cerimônias civis, o espaçoso jardim particular é ideal para receber os convidados e o hotel tem acesso aos melhores fornecedores, incluindo floristas, fotógrafos, carruagens puxadas por cavalos e mestres de cerimônia. www.thegoring.com

Se isso não for grandioso o bastante, por que não alugar um dos famosos palácios da Grã-Bretanha para o seu próprio evento real? Os palácios Hampton Court, Kensington, Kew e a Banqueting House estão disponíveis através dos Historic Royal Palaces, instituição beneficente independente que mantém os palácios históricos reais. www.hrp.org.uk/hireavenue/weddings

Futurista e artístico

Um dos edifícios mais distintos de Londres fica no endereço 30 St Mary Axe, e é mais conhecido pelo seu apelido The Gherkin, fazendo alusão a um pepino. O restaurante e o bar, nos andares 39 e 40, são licenciados para casamentos e uniões civis através da Searcys. É possível se casar rodeado de familiares, amigos e o insuperável panorama de 360º de monumentos históricos como as Casas do Parlamento e a catedral de St. Paul. www.searcys.co.uk/weddings

O Barbican Centre é outro edifício icônico de Londres com permissão para realizar cerimônias. Maior centro multiartístico da Europa, ele abriga um repertório eclético de artes plásticas, música, teatro, dança e cinema, além de ser a sede da Orquestra Sinfônica de Londres. Seu conservatório e a Garden Suite, um oásis tropical secreto com mais de 2.000 espécies de plantas tropicais, é ideal para um casamento exótico entre pessoas do mesmo sexo e acomoda até 264 convidados. www.barbican.org.uk/banqueting/weddings

Palácio extravagante

Outras cidades inglesas proporcionam excelentes oportunidades para realizar casamentos. A Cross Street Chapel, em Manchester, foi o primeiro lugar de prática religiosa da Grã-Bretanha a oferecer cerimônias de união civil para casais do mesmo sexo. A Igreja Unitarista, que não faz parte da Igreja Anglicana, tem vários pastores abertamente homossexuais, e foi aprovada para cerimônias de união civil em março de 2012. Eles pretendem começar a oferecer cerimônias de casamento entre pessoas do mesmo sexo assim que a lei permitir. Manchester fica no noroeste da Inglaterra, uma viagem de apenas duas horas de trem partindo de Londres. www.cross-street-chapel.org.uk

A cidade inglesa litorânea de Brighton é famosa por seu fabuloso cenário homossexual e conta com uma série de locais licenciados para realizar uniões civis, incluindo o extravagante Royal Pavilion, palácio de estilo oriental do príncipe regente, o moderno e curvilíneo myhotel Brighton de quatro estrelas e excelentes opções em frente à praia, como o famoso Brighton Pier. Para uma alternativa bem peculiar, os casais podem optar pelo Brighton Sea Life Centre, o aquário em funcionamento mais antigo do Reino Unido – provando que, quando se trata de casamento na Grã-Bretanha, há uma imensa quantidade de opções para todos os gostos! www.visitbrighton.com/your-brighton/gay/civil-partnerships

Uma comemoração com tartan na Escócia

Por enquanto, os casais de mesmo sexo só podem optar por união civil na Escócia, mas em compensação é possível realizar a cerimônia em um castelo espetacular ligado à realeza. Recomendado pela Further Afield, Fenton Tower data do século XVI, mas permaneceu em ruínas por 350 anos. Restaurado em 2002, o castelo agora oferece acomodações cinco estrelas com capacidade para 12 pessoas, a apenas 29 quilômetros de Edimburgo. Rodeado pela impressionante paisagem rural escocesa (incluindo seu próprio lago) e decorado com tapeçarias, antiguidades e muito tartan (o típico tecido de lã axadrezado), ele é único e inesquecível. www.fentontower.com

Vista-se com elegância

Encontrar o lugar perfeito é apenas um dos componentes do casamento dos sonhos. O que se está vestindo ao dizer “sim” também é fundamental, porque aquelas fotos de casamento possivelmente vão ficar no porta-retrato (ou como papel de parede da área de trabalho do computador) durante muitos anos. Por sorte, a Grã-Bretanha é imbatível quando se trata de moda, por isso vale a pena dar uma olhada nas coleções dos estilistas britânicos, como Alexander McQueen, Paul Smith e Vivienne Westwood. Esses nomes famosos estão representados no Bicester Village, um outlet de moda de luxo em Oxfordshire, a apenas uma hora de Londres, na direção noroeste. É um dos nove Chic Outlet shopping villages da Europa e também membro da IGLTA. www.bicestervillage.com



Compartilhar no Twitter

Publicidade